Os que estiveram presentes no evento virtual  – “Do Haicai ao Twitter”,  do último dia 16.07.20, tiveram uma aula de como a realização de um programa de desenvolvimento utilizando o Haicai pode motivar os profissionais a ter seu interesse despertado por outros temas que não apenas os diretamente relacionados com seu trabalho e a compreenderem a riqueza de pontos de vista que a técnica apresenta em vários campos.

Nelson Savioli mostrou como é possível aliar cultura e educação sem perder o foco empresarial. Para ele, ações de desenvolvimento podem e devem ser prazerosas através do envolvimento de outras áreas como o cinema, teatro, televisão,  literatura e poesia.

E nessa forma poética e com sua expertise no tema, falou sobre a objetividade que a inspiração no Haicai pode ter na comunicação empresarial.

Lucia Madeira – Presidente da Diretoria Executiva da ABRH-RJ – abriu o evento destacando o papel dos convidados na divulgação da importância da cultura japonesa para a gestão, agradecendo a Savioli e a presença de todos e, após uma breve apresentação da ABRH-RJ e dos eventos que estão e serão realizados, passou a palavra para Myrna Silveira  Brandão, Diretora da ABRH-RJ, que agradeceu aos participantes, ao Nelson, a Lucia pelo apoio e confiança, a Magda pela parceria na realização e à equipe da ABRH-RJ pela efetiva organização e divulgação – representadas no evento por Débora Nascimento, Meliscia Soares e Henrique Lima.

Continuando, explicou a concepção do Café Literário, a origem,  evolução, o início na ABRH-RJ em 2004 e algumas edições já realizadas com o palestrante. Falou sobre o encontro de hoje que traria uma  experiência inovadora e  propiciaria muitos pontos de reflexão para as organizações e para todos como pessoas e profissionais.

Após  um agradecimento especial a Hamida e Saidul Mahomed da Qualitymark, editores do livro, por possibilitarem mais um produto valioso para a área e os profissionais de recursos humanos, passou a palavra para ele que fez  uma exposição sobre a Editoria do Livro e  sua parceria com a ABRH-RJ, detalhando ainda uma significativa lembrança sobre o tema tratado.

Nelson então iniciou sua apresentação.  De forma simples e, ao mesmo tempo geradora de sabedoria e reflexões, fez  uma exposição detalhada do que é o Haicai desde sua origem, história e seguidores e  deu exemplos da aplicação do Haicai na vida e no  mundo corporativo.  A seguir realizou uma vivência convocando os presentes a formular um Haicai com base em dois motivos que apresentou. Estimulada pelo tema e ensinamentos do palestrante, a plateia  atendeu prontamente à solicitação propiciando um momento em que a prática demonstrou a importância da teoria apresentada.

Magda Hruza, Diretora da ABRH-RJ,  conduziu a dinâmica do exercício,  encaminhando os Haicais realizados pelos participantes e, com sua seleção, contribuindo para a análise posterior que foi realizada pelo palestrante.

Ao final, Nelson generosamente se colocou à disposição para futuros contatos com os participantes sobre esclarecimentos, acréscimos e equacionamento de dúvidas, se for o caso.

O evento foi mais um episódio marcante no rol dos que vem sendo realizados pela ABRH-RJ na busca de ações  que busquem minimizar e/ou superar este momento difícil da Pandemia da melhor forma possível, apoiando  as organizações para se preparar para um novo normal que certamente virá e, acima de tudo, privilegiando os seres humanos e a vida em qualquer circunstância  e, consequentemente, os valores sociais do trabalho.

Por Myrna Silveira Brandão.

Registros do evento:

Sobre Myrna Silveira Brandão:

Myrna Silveira Brandão é Jornalista, Administradora, Socióloga,  Crítica de cinema. Pós-graduada em Recursos Humanos pela Fundação Getúlio Vargas. Presidente do Centro de Pesquisadores do Cinema Brasileiro (CPCB). Diretora  da Associação Brasileira de Recursos Humanos – ABRH-RJ.

Como Administradora, trabalhou durante vários anos na Petrobras, na área de Gestão de  Pessoas, tendo sido responsável, entre outras, pelas áreas de Avaliação de Treinamento, de Tecnologia Educacional e  Benefícios.

Como Jornalista, faz  Coberturas de festivais de cinema internacionais e nacionais (Sundance, Berlim, Nova York, Roma, Europacine e outros).

Palestrante no Congresso RH-Rio – CONARH – ABTD – SEBRAE – Previ – ESPM – Capemisa –   Congresso Leste Fluminense – Petrobras –  ESARH – Banco do Brasil – Universidade Veiga de Almeida –  Arquivo Nacional – Associação Portuguesa de Gestores, em Lisboa.

Assina a Coluna “Filmes para uma Reflexão Corporativa”, na Revista Gestão & Negócios. Conselheira da Associação de Críticos de Cinema do Rio de Janeiro (ACC-RJ). Delegada da ACC-RJ nas Assembleias da FIPRESCI (Federação Internacional da Crítica Cinematográfica) desde 2001, em Saint Vincent (Piemonte), Viareggio, Taormina, Roma, Tunis e Bari. Proponente e coordenadora da restauração dos filmes Aviso aos Navegantes, Tudo Azul, Menino de Engenho, O País de São Saruê, O Homem que Virou Suco, A Hora da Estrela e Rico ri à toa.

Autora dos Livros:
“Leve Seu Gerente ao Cinema” (2004) – Editora Qualitymark
“Luz, Câmera, Gestão – A Arte do Cinema na Arte de Gerir Pessoas” (2006) – Editora Qualitymark
“Leve seus Alunos ao Cinema” (2008) – Editora Qualitymark
“O Cinema na Gestão de Pessoas (2013) Editora Qualitymark

Editora dos sites: www.mccinema.com.br e www.cpcb.org.br.