12/01/2015

Como a gestão de Recursos Humanos contribui para aumento da competitividade

por Alexandre dos Reis*

Com a produção estagnada desde 2011, a indústria nacional enfrenta dificuldades em retomar seu crescimento. O ambiente de negócios em que as empresas brasileiras estão inseridas favorece o baixo índice de confiança empresarial e prejudica a atividade econômica.

As nossas indústrias enfrentam o desafio de aumentar a produtividade sem elevar o custo do trabalho.  Quando a produtividade na indústria supera ou acompanha o custo das horas trabalhadas, temos um ambiente de competitividade industrial. No entanto, nos últimos três anos, ocorreu o inverso. Os salários cresceram mais do que a produtividade, gerando assim, a elevação dos custos e perda de competitividade.

Nesse cenário adverso, a área de Recursos Humanos pode contribuir ativamente para o ganho de competitividade nos negócios, focando em aspectos  que resultam no aumento da produtividade, como: captação de profissionais qualificados, desenvolvimento e retenção dos ativos, e nos acordos sindicais.

Para que a gestão de recursos humanos esteja alinhada aos objetivos estratégicos da empresa, é fundamental que os profissionais da área entendam como a empresa alcança seus resultados, e de que forma os fatores externos como aumento da concorrência e mudanças no cenário político-econômico, influenciam nas suas operações e processos.

As empresas que promoverem uma mudança na forma de pensar dos seus profissionais, estimulando a atuação estratégica na gestão de recursos humanos, obterão como resultados, a redução das taxas de absenteísmo e rotatividade, otimização dos processos e o aumento do comprometimento de suas equipes de trabalho. Esses resultados são provenientes de um conjunto de ações de qualidade de vida e programas de desenvolvimento e aperfeiçoamento da mão de obra, que contribuem para o maior engajamento dos profissionais. Com isso, aumenta a produtividade e reduzem-se os custos de afastamentos ou retrabalho.

Para fazer uma gestão de recursos humanos capaz de impactar no ambiente de negócios da empresa, é preciso considerar que criatividade é uma questão de comportamento e inovação está relacionada à processos. Ter e manter bons profissionais no quadro faz parte de um contexto em que a área de Recursos Humanos está envolvida em todas as etapas. Começa na seleção adequada dos profissionais, e tem continuidade na criação de um ambiente favorável para que perfis de pessoas inovadoras e criativas venham à tona.

Os países que mantêm um ambiente favorável aos negócios adotam medidas para aumento da produtividade calcadas no fortalecimento das relações entre educação, governo e negócios, mantendo aportes de recursos para inovação, suporte à pesquisa, educação e treinamento constante da mão de obra.  A aliança entre as iniciativas privadas e públicas é o que garantirá a sustentabilidades do ambiente de negócios e tornará o país atrativo para novos investidores e seus investimentos. 

*Diretor de Relações com o Mercado do Sistema FIRJAN